Use a indústria 4.0 para acelerar as melhorias operacionais

A indústria 4.0 compreende várias tecnologias digitais que estão reformulando a produção e facilitando a digitalização de processos centrais. Empresas líderes estão implementando essas tecnologias para acelerar o impacto nos negócios de programas de melhoria operacional, como o gerenciamento enxuto.

Na economia digital, o foco é tornar os processos mais eficientes e, em seguida, implantar as tecnologias nesses processos para maximizar o desempenho e sustentá-lo em um alto nível. No entanto, avaliar os benefícios das tecnologias individuais da Indústria 4.0 em um contexto específico e decidir quais implementar primeiro pode ser um desafio.

Indústria 4.0

Gestores de Tecnologia da Informação estão fortemente envolvidos na excelência operacional da Indústria 4.0

Impulsionados principalmente pela adoção da IoT (Internet das Coisas), os setores de tecnologia da informação (TI) e tecnologia operacional (OT) precisam estar convergentes nesse processo. A função de TI precisa estar fortemente envolvida em programas de excelência operacional, independentemente da configuração organizacional.

Para capturar os benefícios das tecnologias digitais, gestores de tecnologia são fundamentais para gerenciar a arquitetura de informações com eficiência, integrando sistemas legados. A gestão 4.0 valoriza as informações integrando máquinas, equipamentos e fábricas que tradicionalmente operavam separadamente.

A integração do sistema permite que as empresas estabeleçam operações virtuais, monitorem o chão-de-fábrica e otimizem as operações dentro da fábrica e ao longo da cadeia de suprimentos. Um alto nível de integração entre sistemas, internos e externos, significa que intensificar seu foco na segurança de seus dados e sistemas. A gestão de tecnologia é fundamental para implementação de tecnologias da Indústria 4.0 com segurança.

Migrando para a nuvem

Usar a nuvem para coletar, armazenar, analisar e distribuir dados em um esforço para melhorar a flexibilidade da produção, aumentar a velocidade de fazer cálculos e reduzir custos, é uma estratégia fortemente consideradas pelas empresas com gestão 4.0.

A migração de dados e sistemas para a nuvem deve ser rigorosamente gerenciada. Deve-se estabelecer critérios de migração, por exemplo, a idade e o nível de importância dos dados, para orientar as decisões sobre armazenamento local ou na nuvem. Os critérios também devem considerar questões relacionadas à proteção da propriedade intelectual da empresa e à confidencialidade de clientes e fornecedores. Além disso, a migração de aplicativos para a nuvem cria a necessidade de alterar o mix de recursos em um departamento de TI.

Customização da gestão 4.0

Para implementar efetivamente a indústria 4.0, as empresas devem desenvolver um novo conjunto de recursos não tradicionais e integrá-lo ao existente. Gestores são mais receptivos à transformação digital, quando identificam que a fórmula de sucesso do passado pode ser potencializada com novas tecnologias, gerando novas oportunidades.

A eficiência para a futura vantagem competitiva de uma empresa deve ser desenvolvida internamente. É essencial entender o valor de fazer a mudança, alinhando o desenvolvimento de capacidades internas será muito mais eficaz e sustentável, uma vez que o pessoal possui experiência e conhecimento específico da empresa.

Parcerias estratégicas com institutos de pesquisa e universidades podem ser eficazes para construir capacidades internas e obter uma perspectiva privilegiada sobre o desenvolvimento de inovações revolucionárias. Descobrimos que a grande maioria dos implementadores e fornecedores de tecnologia está colaborando com esses parceiros externos. Algumas empresas também estão desenvolvendo incubadoras e realizando investimentos em startups. 

Além de melhorar os processos internos, é preciso explorar oportunidades de usar a gestão 4.0 para melhor integrar suas operações às de clientes e fornecedores. Expandir os recursos da indústria 4.0 ao longo da cadeia de valor é um nível mais alto de maturidade, porque muitas vezes é mais difícil configurar sistemas e plataformas comuns para a troca de dados com outras partes.

A integração de operações com fornecedores e clientes pode produzir benefícios significativos em termos de melhor planejamento e gerenciamento da produção, transparência da cadeia de suprimentos e otimização do estoque.  

Nove tecnologias que estão reformulando a produção

Robótica

  • Robôs industriais autônomos e cooperantes, com sensores integrados e interfaces padronizadas

Fabricação Aditiva

  • Impressoras 3D, usadas predominantemente para fazer sobressalentes e protótipos
  • Instalações de impressão 3D descentralizadas, que reduzem as distâncias de transporte e o estoque

Realidade Aumentada

  • Aprimoramento digital, que facilita a manutenção, a logística e os procedimentos operacionais padrão
  • Dispositivos de exibição, como óculos de realidade virtual

Simulação

  • Simulação e otimização de rede, que usam dados em tempo real de sistemas inteligentes

Integração de sistema horizontal e vertical

  • Integração de dados dentro e entre empresas usando um protocolo padrão de transferência de dados
  • Uma cadeia de valor totalmente integrada (do fornecedor ao cliente) e estrutura organizacional (da gerência ao chão de fábrica)

Internet das coisas

  • Uma rede de máquinas e produtos
  • Comunicação multidirecional entre objetos em rede

Computação em nuvem

  • Gestão de grandes volumes de dados em sistemas abertos
  • Comunicação em tempo real para sistemas de produção

Cíber segurança

  • Gerenciamento de riscos de segurança elevados devido a um alto
  • Nível de rede entre máquinas, produtos e sistemas inteligentes

Big Data e Analytics

  • Avaliação abrangente dos dados disponíveis (de sistemas CRM, ERP e da cadeia de suprimentos, por exemplo
  • Suporte para tomada de decisão otimizada em tempo real

 

As empresas mais inovadoras consideram a adoção da Indústria 4.0 como apenas a primeira fase de uma transformação digital em grande escala que se estende além das operações. Essas empresas estão investigando como podem usar tecnologias digitais para criar novos fluxos de receita – como reinventar a jornada do cliente, definir novos modelos de negócios e desenvolver novas abordagens de entrada no mercado.

Uma análise estratégica que identifica um conjunto abrangente de oportunidades digitais, tocando todos os aspectos do negócio, é o primeiro passo que as empresas devem adotar para descobrir a próxima fronteira digital.

,

About Megazine

Notícias, cases e conteúdo sobre soluções de negócios
View all posts by Megazine →

Comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.